Posts tagged Wedding
Marta & Afonso - A city Wedding in Lisbon - Montes Claros
 

Por vezes demoro bastante tempo a publicar no blog algo que fotografei num momento específico da vida. Mas nem sempre consigo evitar revisitar um dia tão lindo apenas passado um pouco mais tempo do que seria de esperar, depois de ser testemunha desses momentos em tempo real. Parece que me desloco a uma nuvem de nostalgia imensa e intensa, e isso é tão bonito.

A Marta e o Afonso são duas almas lindas que amam a sua cidade, as suas pessoas e o seu incrível ser de quatro patas que é o Zé. Hoje a sua família tão bonita já tem mais um membro, e eu sinto-me tão grata de poder testemunhar o que de tão bom e bonito acontece àqueles que em mim confiaram, durante o resto da sua vida.

Sinto-me imensamente grata por vocês os dois Marta e Afonso. Para comemorar também isso, aqui está uma selecção do vosso dia e das memórias que criaram através de tanto amor.

-


Sometimes it takes me a long time to blog but I can’t help but want to revisit beautiful days only a bit after actually witnessing them in real time. It feels like I move into an immense and intense cloud of nostalgia and it is so beautiful.

Marta and Afonso are two beautiful souls who love their city, their people and their four-legged Zé. Today their beautiful family has already another member, and I feel so grateful to be able to witness everything so beautiful that comes to those who have trusted in me.

I feel immensely grateful for you two Marta and Afonso. So here’s a selection of your day and the memories that you have made through so much love.

 
Inês & Renato - Winter Wedding at Hotel da Estrela
 

Sometimes you plan a wedding and the weather does not abide by your hopes and dreams. Sometimes you are unable to hide the cloud of disappointment and other times you just go with whatever the universe has planned for you. On this day, an October day 3 years ago, Inês and Renato said they yes on a slightly different place they had planned but with the same strength they would have done with if the day had gone along their exact plans from the beginning. Because it just feels the most important part is already at work. They were going to party amongst their favorite people and nothing would break the chain of massive fun they wanted to have. The magistral and powerful set of yeses they said during an outpour of rain outside meant the same as if they had been said a the end of a rainbow. And that’s exactly where they found themselves: completely inside a rainbow, treasured immensely by those present and it mattered nothing else other than this - they were together and all was as perfectly as it could ever come to be.

 
Waves and currents in our hearts - Lagos Bohemian Destination Wedding
 

I can still feel oh so clearly how Lagos has then, that year, became one of my favorite coastal places in Portugal. It feels different than the rest of the Algarve. And I know Sara and Will feel that too. This was 3 years ago and it still feel so in tune with everything that matters to me to be able to document. It’s not only about pretty pictures. It is but about being able to read through a love so pure and being able to color it in a photograph that speaks to those who are imprinted in them forever. I loved these moments then and I still do. Sara and Will, I miss you guys.

 
Isabel & Brendan - Intimate Wedding In Alentejo - Pousada Castelo de Alvito
 

I’m still blogging beautiful days from 3 years ago. I just can’t help but visit the client galleries sometimes and gather all the kind of nostalgia I can. It makes me feel so grateful for this journey, and it makes me deliver myself more and more to every new day that I am able to create something new. And it’s impactful the kind of supreme detail we can remember things about, even feelings we used to have, just by looking at a moment in a photograph. Even to myself this is such an intense experience - to relive over and over again the beauty of a day so very special and so very unique. I am always so grateful to be able to do this. To give myself fully to the ability of putting little bits of what I see, the way I see them, and what I believe in on a little composition that can come to mean so much to someone. And it’s the lost details I love most rather than the most expected ones. Sometimes you see something in a way nobody does and it’s there that lies your heart.

 
My love is a cloud burning brightly in the sky
 
 
Maria & Nuno | quinta da grilla, alenquer
 

A little under two years ago Maria and Nuno celebrated at Quinta da Grilla. I truly mean almost two years ago. I really, really need to start blogging more often. These are a few of my favourite moments from their day. 

 
Carolina & João | São Pedro do Sul, Viseu
 

A Carolina e o João casaram nas nuvens. E este foi um dia puro.

Há muitas palavras que poderão descrever o que este dia realmente foi, mas aquela que caracteriza a pureza é sem dúvida a mais adequada. Houve tantas coisas que eu aprendi com este dia, com a Carolina e com o João e com aquilo que sentem um pelo o outro. São Pedro do Sul é de todos os sítios onde fui em 2014 o meu preferido, e sinto que a Carolina e o João irão para sempre ser responsáveis por isso. Quando voltar lá será sempre ao seu dia que voltarei, e nada me fará mais feliz que isso. Quando cheguei ao quarto de hotel passava pouco das 4 da manhã. Lembro-me de me sentar na ponta da cama absolutamente exausta depois de quase 17 horas a fotografar quando no dia anterior tinha feito o mesmo e apenas dormido duas horas entre casamentos, guiado 4 horas e dormido apenas cerca de 1 hora e meia no assento do carro (o ZP salvou-me a vida), e lembro-me, lembro-me bem de tudo aquilo que senti, e de me ter emocionado nesse momento, na ponta da cama, perante a quantidade quase absurda de gratidão por aquilo que aconteceu durante toda a minha vida me ter possibilitado a estar naquele momento, ali, naquele caminho, e de eles terem surgido nele tão subitamente. Foi o fim-de-semana mais cheio de emoções para mim desse ano. Quando me consigo envolver de maneira pessoal com todo o processo, com as famílias e os amigos, quando o que os emociona me emociona a mim também mesmo que não conheça os casais há se não pouco mais de alguns meses. É assim, e só assim, que o meu trabalho ganha a cor que eu mais desejo entregar. As cores mais verdadeiras e mais sinceras.

Pensar na então forte hipótese de não ter podido fotografar este dia ainda hoje me entristece pois sei ser uma melhor pessoa e profissional por ter cruzado o caminho com os dois.  Pensar que tinha o dia já praticamente fechado entre outros dois eventos e a Carolina em viagem a meio da noite se esforçou como esforçou para fechar a data para eles, ainda hoje me faz sorrir pois na altura esse esforço sem fim me deu a certeza de que o dia iria acabar por ser dos meus favoritos de todo o ano. Isso meio ano antes deste dia.  

Durante a viagem rumo ao norte a carga de água que lavou o caminho foi absolutamente chocante. Comecei a ficar preocupada. Se aquela chuva se mantivesse significaria praticamente o mesmo que submergir totalmente o meu equipamento no oceano. Acima de tudo preocupou-me o facto de que todo o planeamento do casamento ter sido logísticamente pensado para um casamento de verão e o que as alterações trariam aos sentimentos dos dois. No entanto mal chegada a casa do João nem ninguém referia a chuva. Na casa da Carolina o mesmo. Havia um sentimento de paz no ar, um sentimento de quem depois de muitas adversidades chegou onde mais sonhava chegar, e só isso bastava. Ver os irmãos presentes, a sua amizade, e a Carolina a ser totalmente fiel aquilo que ela já é todos os dias foi de uma beleza atroz que ainda hoje a olhar para trás me emociona. E depois os dois. Depois de tantas voltas da vida, de tanta distância física entre e desde os anos que se conheceram até ao dia em que ali estavam, naquele momento, foi como uma culminação do destino. Toda essa valsa foi honrada e brindada mais tarde pelo acalmar da tempestade e a abertura de um final de dia inesquecível. Vejam por vocês mesmos.